Faça parte dessa Tropa!

O Poder da Criatividade

Vigilante Inteligente
01 abril, 2014

O Poder da Criatividade

 

 
O Poder da Criatividade e Inovação nas Organizações
por Fernando Lenzi*





Não é novidade que as empresas têm exigido de seus
profissionais e o mercado tem cobrado das empresas de
pequeno porte habilidades voltadas à criatividade e inovação.
Porém, ainda é pouco entendido este contexto do que envolve
um processo criativo e inovador.



Se pensarmos na prática do mercado logo conseguiremos
estabelecer uma relação de conexão, mas também de
diferenciação, entre estes dois ingredientes indispensáveis
para o sucesso empreendedor. Entenda que a inovação normalmente
aparece de um processo criativo ordenado e com propostas
 claras de resultados. Já, a criatividade pode estar conectada
com este processo ordenado ou não. Portanto, há que
se ter muita atenção nestes aspectos aparentemente teóricos,
pois são eles que balizam um resultado efetivo ou apenas
levam a uma intenção de criar ideias que depois não são
colocadas em prática. Portanto, mais do que um pensamento
teórico, é uma preocupação de gestão que deve haver e que poucos
pensam a respeito.



Bom, já temos algumas dicas das diferenças e
complementaridades entre criatividade e inovação, mas
vamos ser um pouco mais específicos nestes aspectos.
A criatividade em um ambiente organizacional voltado
a produtos ou mercados pode ser entendida como um
processo mental de identificação de novas formas
de ver os produtos existentes com novas alternativas
de aplicações destes produtos, ou pode ser interpretada
 como a criação de novos produtos que possam ser
viabilizados pela empresa nos diversos mercados envolvidos
na sua atuação.



Lógico que essa é uma definição simples, mas focada na
intenção da nossa análise de diferenças e complementaridades.
Portanto, o processo criativo pode ser um bom exercício para
a empresa desenvolver novos produtos ou aplicações de
produtos existentes. Porém, só isso não garante o sucesso
desta iniciativa. Ou seja, se esta “criação” não for reconhecida
pelo mercado no sentido de aquisição deste novo produto ou
serviço, não haverá a disposição de compra e, por conseqüência,
não trará o contexto inovador que é desejado pela empresa.



Percebam que, criar produtos ou serviços é um grande desafio
nas empresas, todavia, conseguir que estes sejam aceitos
no mercado tornando a empresa diferenciada de seus
concorrentes (inovação) é um passo muito maior.



Toda esta provocação de criatividade e inovação deve ser
constantemente pensada por você, para que não se acomode
apenas no processo criativo, pois só ele não garante o sucesso
e o resultado que a empresa almeja e o mercado deseja. Se
você quer ter uma empresa inovadora ou quer ser reconhecido
como um profissional inovador você deve ter esta percepção
aguçada do que é ter um processo criativo permanentemente
organizado e o que é conseguir levar ao mercado o que realmente
trará este contexto inovador.



Pense sobre isso e provoque seus colegas de trabalho, círculos
de amizade e grupos de estudo para esta reflexão, pois para
que você SEJA PROFISSIONAL de destaque, precisa se
diferenciar dos demais em todos os aspectos da criatividade e inovação.
 
https://www.facebook.com/viginteligente?ref=hl


Postar um comentário

Vagas no Seu Email

Vagas Aqui

 Vagas de Emprego