Faça parte dessa Tropa!

VIGILANTES TERÃO 30% DE RISCO DE VIDA E 9,27% DE REAJUSTE

Vigilante Inteligente
19 abril, 2010
Em assembléia realizada hoje pela manhã, os vigilantes do Rio e de outros nove municípios decidiram aceitar a proposta patronal de 6,27% de reajuste no salário e 5,2% no tíquete refeição – 2,21% de aumento real sobre a inflação do período - perfazendo 9,27% de reajuste incluindo a parcela do percentual de 3% do adicional de periculosidade. O piso sobe para R$ 800. O pagamento do risco de vida aos cerca de 50 mil vigilantes do estado será pago anualmente em seis parcelas de: 3% (2010), 5% (2011), 6%(2012), 6% (2013), 5% (2014) e 5% (2015). No Brasil o Rio é o segundo estado que obteve o adicional de periculosidade de 30%, antes que o projeto da senadora Serys Slhessarenko (PT-MT) vire lei em todo o país. Pernambuco é o outro estado que já paga o adicional.

A maior conquista da categoria foi conseguir na Convenção deste ano que o Sindicato das Empresas de Segurança (Sindesp) concordasse em pagar o adicional de periculosidade de 30%, já aprovado no Senado, e que aguarda votação na Câmara Federal para ir a sanção do presidente Lula. Assembléias ocorridas com os trabalhadores do Norte Fluminense, Região Serrana, Baixada e Sul Fluminense, totalizando nove sindicatos, também aprovaram os percentuais de reajuste. Os novos valores serão pagos no contracheque de abril.
http://www.sindvig.org.br/jan10/imagens/foto2.jpg
http://www.sindvig.org.br/jan10/imagens/foto2.jpg
Poucos sindicatos como o de São João de Meriti, Niterói e Itaguaí se anteciparam na negociação e aceitaram apenas 3% de periculosidade para este ano sem prever no acordo os 27% restantes.

Os 30% de periculosidade junto com o reajuste será assinado na próxima semana entre o Sindesp e os Sindicatos do Rio, Campos, Macaé, Nova Friburgo, São Gonçalo, Nova Iguaçu, Mesquita / Nilópolis, Volta Redonda e mais o Sindicato de Vigilantes de Carro Forte e Escolta Armada do Interior.
Outra vantagem adquirida e prevista em cláusula é que as faltas dos vigilantes que participaram de passeatas e paralisações na rede bancária serão abonadas e não haverá punição. Ficou acertado ainda que a gratificação de 20% para vigilantes motoristas será estendida para os agentes de segurança privada pessoal (SPP) e agentes de segurança patrimonial (SP), que tenham carteira de habilitação.


Postar um comentário

Vagas no Seu Email

Vagas Aqui

 Vagas de Emprego